MyFuture.pt

Estás aqui:

Formação Avançada

e-learning no Estrangeiro

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

modest elearningestr

Usar a internet para tirar um curso até pode não ser uma novidade, pois existe uma grande variedade de sites e tutoriais que te ensinam diversas áreas do saber. Mas ter acesso às melhores universidades do mundo à distância de um simples clique é algo revolucionário.

b-learning

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

B-learning ou blended learning, é um derivado do e-learning, e refere-se a um sistema de formação onde a maior parte dos conteúdos é transmitido em cursos à distância, normalmente pela internet e os restantes conteúdos são transmitidos presencialmente, daí a origem da designação blended, misto, combinado.

Para Quem

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Tens um vínculo laboral e frequentas qualquer nível de ensino, este estatuto é para ti!

Como Requerer

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Atualmente basta comprovares junto da instituição de ensino que trabalhas e fazeres prova de que estás a estudar à entidade empregadora com os seguintes documentos: comprovativo de matrícula; horário e calendário escolar e caso seja renovação, comprovativo de aproveitamento escolar.

Duração do Estatuto

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

A manutenção do estatuto de trabalhador-estudante depende da obtenção de aproveitamento escolar no ano letivo anterior.

Enquadramento Legal

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Se pretendes aprofundar mais o conhecimento sobre o estatuto de trabalhador estudante, consulta a informação legal.

Lei n.º 7/2009, de 12 de Fevereiro
Código de trabalho, estatuto trabalhador estudante.

Testemunhos

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

“Eu quis realizar uma pós-graduação para aprofundar os meus conhecimentos em análise de dados e para futuramente poder aplicá-los com maior segurança e competência, quer a nível académico ou profissional.”
Ana Rita Matias, Pós-graduação em Análise de Dados em Ciências Sociais.

 

“Escolhi seguir o mestrado, porque, com Bolonha, é essencial que te especializes numa área para teres sucesso no mercado de trabalho. No mestrado aprendi um conjunto novo de competências e agora percebo melhor como funciona uma empresa.”
Sérgio Batista, Mestrado em Marketing Management.

 

“A minha pós-graduação foi feita numa área muito específica, na qual procurava adquirir competências, que não eram passíveis de serem obtidas num Mestrado. A realização de investigação nessa área não iria acrescentar muito às competências práticas que procurava. Nesse aspeto, a pós-graduação foi de encontro às minhas espectativas.”
João Estevens, Pós-graduação em Programação e Gestão Cultural.

 

“Pensei em fazer mestrado, porque seria uma formação suficientemente longa e simultaneamente teórica/prática. Proporcionaria mais possibilidades de arranjar trabalho na minha área e uma maior confiança nas minhas próprias capacidades.”
Inês Jorge, Mestrado em História de Arte – Especialização em Arte Contemporânea.

Pós - Graduação

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

A pós-graduação é constituída por um conjunto de disciplinas e seminários, que te ajudam a desenvolver competências e a aprofundar de forma alargada um campo do saber.

Especialização

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Os cursos de especialização são compostos por um conjunto organizado de unidades curriculares e destinam-se a licenciados de qualquer área científica.

Mestrado

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

mestrado

Um mestrado é um grau académico dirigido a estudantes que concluíram formação superior e querem aprofundar os seus conhecimentos através da investigação de uma determinada área de estudos.

Mestrado Integrado

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

O grau de licenciado poderá igualmente ser conferido no âmbito de um ciclo de estudos integrado conducente ao grau de mestre (Mestrado Integrado, com 300 a 360 ECTS). Nestes casos, será conferido o grau de licenciado aos estudantes que tenham realizado os 180 créditos correspondentes aos primeiros seis semestres curriculares do curso (Decreto-Lei nº74/2006, de 24 de março).

Página 2 de 3